top of page
  • Foto do escritorCadu Lemos

A ilusão da separação e a guerra



Hoje, quero compartilhar uma reflexão sobre um tema que tem me fascinado profundamente: a não dualidade e a consciência desperta, especialmente diante do paradoxo de um mundo cada vez mais imerso em conflitos e guerras, parecendo lutar consigo mesmo.


Os fatos de ontem ainda reverberam na minha cabeça, estou muito impactado com tudo o que está acontecendo. Em plena terceira década do século 21, uma guerra na Europa e agora (mais uma vez) no Oriente Médio.


Gostaria de falar mais sobre um conceito que transcende as divisões e dualidades que percebemos no mundo. É a compreensão de que tudo está interconectado, e as fronteiras que criamos são apenas construções mentais.


Nessa perspectiva, percebemos que somos todos parte de um mesmo tecido da existência, e a separação é uma ilusão.

A consciência desperta surge quando percebemos essa interligação e transcendemos a identificação com nossos papéis, crenças e histórias pessoais.

É um despertar para a verdadeira essência, para além das limitações do ego. Quando atingimos esse estado de consciência, somos capazes de ver além das diferenças e compreender a unidade que envolve tudo.


Infelizmente, esse entendimento muitas vezes se depara com o paradoxo de um mundo que segue palco de conflitos e guerras. Como reconciliar a percepção da unidade com a realidade de divisões e conflitos aparentemente irreconciliáveis?


Acredito que a resposta esteja em nossa responsabilidade coletiva de cultivar a compaixão, a empatia e a aceitação mútua.

É preciso agir com amor e sabedoria, promovendo a paz em nossas interações diárias e buscando soluções colaborativas para os desafios globais. Cada gesto de compaixão e cada esforço para compreender o outro nos aproxima da manifestação prática da não dualidade.


Ao reconhecermos a nossa unidade fundamental, temos a oportunidade de transformar a realidade, construindo um mundo mais pacífico e harmonioso.

PRECISAMOS nos dar conta disso e cultivar essa consciência desperta, trabalhando para transcender o paradoxo que nos assombra, buscando a paz e a unidade em meio às diferenças. #NãoDualidade#ConsciênciaDesperta#PazMundial#Unidade#TransformaçãoPessoal#Compaixão Foto: MAHMUD HAMS / AFP - Estadão

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page